Caso Toffoli: PGR desmente O Antagonista

Publicado em 12 de abril de 2019

“O Antagonista mantém informação negada pela PGR sobre Toffoli”

Como divulgamos mais cedo, segundo O Antagonista, Dias Toffoli também teria tido “relacionamento” com o “esquema Odebrecht”, quando era advogado-geral da União, no governo Lula, cujo codinome era “amigo do amigo do meu pai”.
A nota também informou que o caso está com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, desde fevereiro.
A PGR acaba de divulgar em seu site a seguinte nota:“Ao contrário do que afirma o site O Antagonista, a Procuradoria-Geral da República (PGR) não recebeu nem da Força-Tarefa Lava Jato no Paraná e nem do delegado que preside o inquérito 1365/2015 qualquer informação que teria sido entregue pelo colaborador Marcelo Odebrecht em que ele afirma que a descrição ‘amigo do amigo de meu pai’ refere-se ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.”
Tudo estaria resolvido se O Antagonista não adotasse posicionamento de sustentar como verdadeira sua publicação.
Está formado um belo impasse.

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.