Silvestri Filho vai à Justiça para garantir sua candidatura ao Senado

Publicado em 05 de agosto de 2022

O ex-prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho (PSDB), tentará derrubar na Justiça a decisão da Federação PSDB/Cidadania que o tirou da disputada ao Senado Federal, pelo Paraná, para dar a vaga ao senador Alvaro Dias (Podemos-PR), que busca a reeleição. A informação é do blog de Israel Reinstein, do site HojePR.Nessa quinta-feira (4), Silvestri Filho conversou com o presidente nacional do PSDB, o deputado federal Bruno Araújo, que justificou a decisão em favor de Alvaro Dias para acomodar arranjos em outros Estados, como São Paulo.

Diante do resultado negativo, o político de Guarapuava conversou com representantes da federação PSDB/Cidadania no Paraná e, juntos, decidiram apoiar a iniciativa em judicializar o processo. “Sai de lá com a decisão firme de não aceitar a intervenção. Foi uma decisão arbitrária e uma decisão ilegal, que não respeitou o estatuto da Federação. Fui escolhido com apoio de dirigentes do PSDB e Cidadania e a escolha foi desrespeitada”, disse.

Para Silvestri Filho, a federação nacional “desautorizou as lideranças locais, desprestigiando a todos”. Tudo para poder compor alianças que beneficiam apenas outros Estados. Para ele, somente o Podemos nacional e os interesses do senador Alvaro Dias foram atendidos. “Vou para Justiça e vou obter meu cargo. Se o Alvaro quiser me ganhar, que o faça na disputa eleitoral e não no tapetão”, desafiou.

Contraponto

Alda - 391x69

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.