Zé Trovão se entrega à Polícia Federal em Santa Catarina

Publicado em 27 de outubro de 2021

O caminhoneiro bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, retornou ao Brasil e se entregou nesta terça-feira (26) à Polícia Federal em Joinville (SC). Ele foi alvo de uma ordem de prisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, decretada no início de setembro, por incitar violência e atos antidemocráticos nas manifestações de 7 de setembro. Trovão estava foragido há dois meses.O bolsonarista teria viajado do México para o Peru na semana passada com o objetivo de retornar para o Brasil. De lá, ele teria vindo ao Brasil no último final de semana e ficou escondido alguns dias com sua família, até se entregar hoje.

Agora, a expectativa da defesa é tentar converter a prisão preventiva em medidas cautelares, para permitir que ele cumpra prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica.

Defesa

A defesa de Zé Trovão afirma que ele vai provar sua inocência e que formulará pedido à Justiça para que ele responda em liberdade pelos crimes que está sendo acusado.

“Nota à imprensa.

Apresentação espontânea de Zé Trovão.

Na qualidade de advogados do Sr. Marcos Antonio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, informamos que na data de hoje promovemos sua apresentação espontânea ao Excelentíssimo Senhor Doutor Delegado Chefe da Polícia Federal em Joinville – Santa Catarina, cidade de seu domicílio.

Assim, está ao dispor da Justiça para provar sua inocência.

Na sequência, a defesa formulará pleitos de liberdade.

Curitiba, 26 de outubro de 2021.

Elias Mattar Assad
Thaise Mattar Assad
Advogados”

 (Do Correio Braziliense e da Rádio Banda B).

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.