Instituto Maurício Gehlen coloca CCI à disposição da Santa Casa

Publicado em 23 de março de 2020

 “É o mínimo que podemos fazer”, diz o presidente

Com as atividades suspensas temporariamente desde terça-feira da semana passada, dia 17, o Instituto Maurício Gehlen (IMG) colocou as instalações do Centro de Convivência do Idoso (CCI) à disposição da Santa Casa para sua utilização na forma que a instituição considerar mais apropriada para o enfrentamento ao coronavírus. A disponibilização do hospital foi formalizada através de ofício enviado ao presidente do hospital, Renato Augusto Platz Guimarães, nesta segunda-feira, dia 23.

A decisão foi tomada depois de o Conselho da Família (órgão máximo do Instituto) aprovar, por unanimidade, a proposta do fundador e presidente do IMG, o empresário Maurício Gehlen. “Conversei com minha família, especialmente meus dois filhos e o genro que são médicos, e eles consideraram que era o melhor a fazer. Todos foram unânimes em ceder as instalações do Centro do Idoso enquanto as atividades estiverem suspensas”, contou ele.
A suspensão das atividades no CCI aconteceu justamente por conta do Coivid-19, que ameaça especialmente os mais idosos. O público do CCI, que atende gratuitamente mais de mil pessoas acima de 60 anos, é justamente o considerado de risco. “Então, junto com nossa diretoria voluntária, definimos na semana passada pela suspensão das atividades. E agora, com o Conselho da Família, definimos pela cessão temporária das instalações à Santa Casa”, explicou o empresário.
No documento, Ghelen lembra que as instalações possuem academia de ginástica, quadra de vôlei, pista de caminhada, sala de jogos, cozinha, biblioteca, áreas de convivência, duas salas multiuso, jardins, área com paisagismo” e que “considerando a possibilidade de falta de leitos hospitalares e espaços para pacientes em convalescência; e, ainda, considerando a necessidade de uma área para os médicos e demais profissionais de saúde para eventuais quarentenas, o IMG vem colocar as instalações do CCI à disposição da Santa Casa de Paranavaí para utilizá-lo na forma que considerar apropriada para o enfrentamento ao coronavírus”.
O empresário diz no expediente que faz parte da diretoria do hospital e, nesta condição sabe do “eficiente e comprometido trabalho do corpo clínico, demais profissionais de saúde e outros servidores do hospital, sempre pronto para prestar um serviço de excelência à comunidade regional. Assim, o mínimo que podemos fazer neste momento que precisamos de ações conjuntas e coordenadas é colocar nossa estrutura à disposição”.
Ghelen comentou que sabe que os frequentadores do CCI estão sentido falta das atividades. “Mas não há o que fazer. Com esta iniciativa, tenho certeza que, assim como a diretoria e a minha família, os idosos se sentirão bem e orgulhosos em poder contribuir, de alguma forma, com os trabalhos de prevenção e combate ao vírus Covid-19. Sei que se pudesse consultar, os vovôs e vovós também concordariam com a cessão da instalações para a Santa Casa”, finalizou ele.

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.