Senadores do Paraná pressionam pela prisão na 2ª instância

Publicado em 13 de fevereiro de 2020

Os senadores paranaenses Alvaro Dias (Podemos), Oriovisto Guimarães (Podemos) e Flávio Arns (Rede) assinaram manifesto cobrando dos pares a “aprovação imediata” da proposta que tramita no Senado Federal para garantir a prisão de condenados em segunda instância.Quem está encabeçando o movimento é o senador paulista Major Olímpio (PSL).

“Expressamos nossa contrariedade em relação a qualquer movimento no sentido de adiar a análise do referido projeto, bem como reafirmar nosso propósito de apreciar e aprovar a matéria o mais breve possível”, diz trecho do documento assinado pelos senadores listados abaixo:

Major Olímpio (PSL)

Eduardo Girão (Podemos)

Alvaro Dias (Podemos)

Jorge Kajuru (Cidadania)

Leila Barros (PSB)

Flávio Arns (Rede)

Alessandro Vieira (Cidadania)

Randolfe Rodrigues (Rede)

Arolde de Oliveira (PSD)

Oriovisto Guimarães (Podemos)

Styvenson Valentim (Podemos)

Simone Tebet (MDB)

Izalci Lucas (PSDB)

Mara Gabrilli (PSDB)

Carlos Viana (PSD)

Esperidião Amim (PP)

Fabiano Contarato (Rede)

Otto Alencar (PSD)

Prisco Bezerra (PDT)

Marcos Rogério (DEM)

Mecias de Jesus (Republicanos)

Tasso Jereissati (PSDB)

José Maranhão (MDB)

Rodrigo Cunha (PSDB)

Jorginho Mello (PL)

Luiz Carlos Heinze (PP)

Eliziane Gama (Cidadania)

(Inelegível)

Soraya (PSL)

Plínio Valério (PSDB)

Lasier Martins (Podemos)

Reguffe (Podemos)

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.