Ao deddubar o Veto 52, um único parlamentar terá mais poder no orçamento do que todos os congressistas juntos

Publicado em 12 de fevereiro de 2020

Em sessão do Congresso agendada para hoje, como temos noticiado, deputados e senadores analisarão vetos de Jair Bolsonaro no âmbito do Orçamento de 2020.
Ao que tudo indica, o Parlamento passará a ter o controle da distribuição de recursos públicos.
Com a derrubada do veto de número 52, o relator do Orçamento será o responsável por indicar a destinação de 30,1 bilhões de reais em emendas ao longo deste ano, quando haverá eleições municipais.
Matéria completa: O Antagonista

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.