Bolsonaro: “de vez em quando escorrego”

Publicado em 23 de dezembro de 2019

Em entrevista ao SBT, nesta madrugada, o presidente da República, Jair Bolsonaro admitiu que algumas de suas declarações acabam gerando repercussão e até mesmo instabilidade.
“São forças de expressão. Devem ser evitadas? Sim, devem. Mas eu, de vez em quando, escorrego. Eu estava lá em Palmas e falei: ‘Se um ministro meu for pego em corrupção, eu boto no pau de arara’. Eu usei uma força de expressão inadequada. Quer que eu faça o quê? Devo ser cassado por causa disso? Devo responder a um processo de impeachment por causa disso? Agora, se eu tivesse falado em carro-bomba, que é especialidade da esquerda? Eu poderia ter falado em carro-bomba”.

Em outro trecho disse:

“Mais do que falar, são seus atos. Em algum momento eu propus algum controle social da mídia, como o PT fez no passado? Foi aprovado há poucos dias [projeto] para triplicar a pena para quem comete crime de calúnia, difamação e injúria nas mídias sociais. Triplicar! [Haverá] Veto da minha parte.”

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.