Sindicato quer participar das discussões sobre reforma da Previdência Municipal

Publicado em 12 de dezembro de 2019

A decisão foi tomada durante a assembleia
geral dos servidores municipais de Paranavaí

Previdência-MunicipalOs servidores municipais querem participar das discussões e estudos que serão realizados para promover uma reforma no Instituto Municipal de Previdência Social de Paranavaí, a Paranavaí Previdência. A decisão foi tomada pela categoria na assembleia geral realizada na noite de terça-feira, dia 10, depois de o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Paranavaí (Sinserpar), Gabriel dos Santos Luiz, informar que foram nomeados os membros da Comissão da Intersetorial de Estudos da Reformas da Previdência e o sindicato ficou sem representante.
O decreto, baixado na última segunda-feira, dia 9, assinado pelo executivo e pela presidente da Paranavaí Previdência, Rosely Navarro Rodrigues, nomeia para compor a comissão representantes do Instituto, da Controladoria Geral do Município, da Câmara Municipal, Gabinete do Prefeito, Secretaria Municipal de Administração, Procuradoria Geral do Município e da Secretaria Municipal de Fazenda.
Pelo decreto, a comissão terá até o dia 31 de janeiro do próximo ano para apresentar ao prefeito a proposta de reforma previdenciária.
SERVIDORES ALIJADOS – No início da Assembleia, o presidente Gabriel dos Santos alertou que os servidores não vêm dando a devida atenção ao tema. “Talvez tenhamos que trabalhar por 40 anos para poder se aposentar. Há um clima no país contra os servidores. Estamos sendo taxados como o câncer do serviço público, o que não é verdade”, disse ele.
Depois, ao comentar o decreto, lamentou que o sindicato que representa a categoria tenha sido alijado do processo. “Tudo indica que vamos pagar por quem não pagou no passado”, alertou ele. “Queremos ver como este projeto vai chegar na Câmara”, acrescentou.
Santos adiantou que vai mandar ainda esta semana um ofício ao prefeito KIQ pedindo a inclusão de um representante na comissão que vai propor as alterações da reforma da previdência municipal. Vamos ficar atentos também para esta questão”, garantiu Gabriel dos Santos.

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.