“Eu ‘Moro’ na República de Curitiba”

Publicado em 02 de dezembro de 2019

Por Thiago Chamulera

Curitiba não é mais a mesma, deixamos os títulos folclóricos em segundo plano. Hoje temos um terceiro sentimento de satisfação que imita o triunfo atleticano ou o obrigatório acesso do Coritiba – me perdoem os paranistas! Sim, vivemos na Capital em que o trivial dever de um juiz tornou-se um dos maiores sentimentos de orgulho do Curitibano. É notório o compartilhamento e o entusiasmo.

Com uma postura simples e discreta, o Ministro da Justiça encanta a perspectiva daqueles que não perderam a esperança. A propósito a Carta de Tessalônica diz para não sermos “ignorantes como os que não tem esperança”, com referência profética aos que já se foram, mas ressuscitarão na glória. Integrante de um Governo que ajusta a lente, amplia o olhar e conserta os valores, o Juiz Sergio Moro consegue aos poucos materializar a sensação de moralidade nas pessoas, algo que dificilmente consideraríamos palpável em nosso país.

No círculo das relações Curitibanas, é cada vez mais frequente o sentimento de que o caos pode ser evitado. Não perderemos o que nos resta. Pelo bem de nossos filhos e netos, eis que a tempestade no Brasil dá sinais que pode ser controlada. Nossa cidade tem muito a contribuir, fazendo valer a carinhosa expressão – República de Curitiba – dada pelo Ministro Gilmar Mendes! Por tudo isto o Curitibano diz: Eu “Moro” em Curitiba.

𝘛𝘩𝘪𝘢𝘨𝘰 𝘊𝘩𝘢𝘮𝘶𝘭𝘦𝘳𝘢, 𝘢𝘥𝘷𝘰𝘨𝘢𝘥𝘰 𝘦𝘴𝘱𝘦𝘤𝘪𝘢𝘭𝘪𝘴𝘵𝘢 𝘦𝘮 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘢𝘥𝘮𝘪𝘯𝘪𝘴𝘵𝘳𝘢𝘵𝘪𝘷𝘰 𝘦 𝘦𝘭𝘦𝘪𝘵𝘰𝘳𝘢𝘭, 𝘮𝘦𝘴𝘵𝘳𝘦 𝘦𝘮 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘤𝘰𝘯𝘴𝘵𝘪𝘵𝘶𝘤𝘪𝘰𝘯𝘢𝘭, 𝘦 𝘱𝘳𝘰𝘧𝘦𝘴𝘴𝘰𝘳 𝘥𝘦 𝘨𝘦𝘴𝘵ã𝘰 𝘱ú𝘣𝘭𝘪𝘤𝘢 𝘦𝘮𝘣𝘢𝘳𝘤𝘢 𝘯𝘰 𝘮𝘢𝘪𝘰𝘳 𝘱𝘳𝘰𝘫𝘦𝘵𝘰 𝘥𝘦 𝘴𝘶𝘢 𝘤𝘢𝘳𝘳𝘦𝘪𝘳𝘢 𝘭𝘢𝘯ç𝘢𝘯𝘥𝘰 𝘴𝘶𝘢 𝘱𝘳é-𝘤𝘢𝘯𝘥𝘪𝘥𝘢𝘵𝘶𝘳𝘢 à 𝘗𝘳𝘦𝘧𝘦𝘪𝘵𝘶𝘳𝘢 𝘥𝘦 𝘊𝘶𝘳𝘪𝘵𝘪𝘣𝘢.

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.