ACIAP: empresários defendem

Publicado em 11 de junho de 2019

que população valorize mais Paranavaí

ValorizaçãoAproveitando a “deixa” do diretor comercial da Ivo Recap (local da reunião), João Carlos Brolis, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (ACIAP), Maurício Gehlen, defendeu na manhã desta terça-feira (11) que a população valorize mais a cidade. “Eu que viajo o Brasil todo fico feliz quando vejo algo de Paranavaí. Me deixa honrado”, contou ele.

O assunto veio à tona já no começo do encontro, quando Brolis, ao fazer a saudação aos diretores da ACIAP, frisou que, embora a empresa tenha outras duas unidades, uma em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, e outra em Dourados (MS), “é aqui que é a nossa casa, onde a empresa começou em 1952”. Orgulhoso, contou que a Ivo Recap foi eleita a melhor reformadora de pneus do Brasil do ano passado, recebendo o Troféu Pneu Show conferido às marcas favoritas. Empresas de todo o país concorriam ao título.

“É uma honra para nós que somos de Paranavaí, que trazemos receita para o município” disse ele, ressaltando que a empresa tem investido na gestão de pessoas, em aquisição de equipamentos modernos e adota práticas de responsabilidade social.

Depois da apresentação de assuntos administrativos e do resultado da assembleia geral extraordinária, realizada na segunda-feira, quando foram recolhidas sugestões junto a lojistas para a elaboração do calendário comercial 2019/2020, Gehlen retornou ao assunto e lembrou da importância das empresas de Paranavaí e que elas são motivo de orgulho. “Talvez nem todos saibam, mas no mês passado, por exemplo, Paranavaí exportou 3,8 milhões de dólares e importou 1,1 milhão de dólares, tendo um saldo positivo de 2,7 milhões de dólares”, disse o presidente.

“Nosso trabalho é ajudar a cidade crescer. E falar bem dela ajuda muito”, reforçou ele, lembrando que recentemente, quando fazia a peregrinação do Caminho da Fé, entre Águas da Prata e Aparecida do Norte, no interior de São Paulo, avistou um caminhão numa estrada secundária e decidiu ver se sua carroceria era fabricada em Paranavaí. “E era. Fotografei e mandei para o Márcio”.

Márcio é o ex-presidente da ACIAP Márcio Catiste, da Carrocerias Modelo, também instalado no Distrito Industrial de Paranavaí (DIP). E ele fez uma revelação que causou estranheza e até revolta entre os diretores. Contou que, recentemente, foi almoçar com dois clientes de Águas de Lindóia (SP) e estes contaram que esperavam encontrar uma cidade em ruínas. A razão? Desde que entraram no Paraná, via Presidente Prudente, sintonizaram uma emissora de Paranavaí e o locutor só falava mal da cidade. Sem citar nomes da emissora e do locutor, Catiste disse que, quando presidente, chegou a tratar deste assunto com profissionais de imprensa. “Mas tem um ou outro que não adianta. Não dá para saber o que passa na cabeça deles”, lamentou. Outro empresário chegou a dizer que é incoerente esta postura de falar mal da cidade onde mora e de onde tira seu sustento.

Diretor financeiro da Ivo Recap, Ivan Ferreira disse que este tipo de postura chega a ser um “ato de covardia”, porque além de falar mal da cidade, ainda utiliza um meio de comunicação. “Temos que combater este tipo de comportamento. E a Associação Comercial, ao fazer estas reuniões, está colaborando com isso. Defendo e amo minha cidade. Infelizmente tem gente que gosta de deturpar as informações. Vamos fazer e falar e de coisas boas”, defendeu ele.

A reunião na Ivo Recap foi organizada perlo empresário Fernando Antonio Pereira, vice-presidente da ACIAP para assuntos do Sumaré, que agradeceu a direção da empresa por ceder o espaço e participar do encontro. Desde o início do ano, a Associação passou a fazer as reuniões descentralizadas, conforme compromisso da atual diretoria.

 

 

Box

 

Empresa tem capacidade para fazer

recapagem de 3.500 pneus por dias

Logo após a reunião, os diretores da ACIAP visitaram a Ivo Recap. Foram conduzidos pelo gerente de produção Antonio Ramalho e por Mitsuo Mauro, do controle de qualidade da empresa. O grupo empresarial hoje tem cerca de 450 funcionários, dos quais 130 na unidade de Paranavaí. Sua capacidade é de recapar 350 pneus por dia. Mês passado foram recuperados 6.600 unidades. A unidade de Campina Grande do Sul é a maior do grupo e mês passado recapou 12 mil pneus.

Em Paranavaí a unidade consome 100 toneladas de borracha por mês nas suas atividades. Possui 57 caminhões que trabalham na busca e entrega de pneus. Cada uma das unidades atende num raio de 350 quilômetros.

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.