TJ mantém condenação de Richa

Publicado em 13 de fevereiro de 2019

Cada vez mais complicada a vida de Beto Richa. O TJ-PR rejeitou os embargos da defesa de Beto e da esposa Fernanda no caso da viajem à Paris com verbas públicas.
Relembrando: Uma ação popular denunciou que, durante viagem oficial para Xangai, Beto, a esposa Fernanda, que era secretária de Desenvolvimento Social, e mais duas pessoas da comitiva ficaram em Paris por um final de semana, no Hotel Napoléon, com diária de cerca de 250 euros, por pessoa.
Antes da decisão do TJ no ano passado, confirmando a condenação do casal o julgamento foi adiado por quatro vezes.
Cabe recurso.

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.