Santa Casa | Unidade Morumbi

Publicado em 20 de dezembro de 2018

Convênio de R$ 19,6 milhões é presente de NatalSanta-Casa-presente

A assinatura do convênio de R$ 19,6 milhões para a compra dos equipamentos hospitalares e a entrega das obras civis da Unidade Morumbi se constituem “num grande presente de Natal para a nossa região, que terá uma nova e moderna unidade hospitalar”. A avaliação é do presidente da Santa Casa de Paranavaí, Renato Augusto Platz Guimarães, ao comentar a cerimônia a ser realizada nesta quinta-feira, às 14h30, com a presença da governadora Cida Borghetti, do secretário estadual da Saúde, Antônio Carlos Nardi, deputados federais e estaduais e lideranças regionais. A solenidade está prevista para às 14h30 na própria Unidade Morumbi.Durante o evento será assinado convênio no valor de R$ 19.651.463,90. Os recursos destinam-se a aquisição de móveis e equipamentos. Na mesma ocasião, a construtora fará a entrega oficial à direção da Santa Casa das obras civis da Unidade Morumbi, com a assinatura do termo provisório de entrega. O hospital terá 90 dias para avaliar obra e apontar eventuais problemas.

Para Guimarães, a conclusão das obras é um ato importante, “mas é a assinatura do convênio que nos dá perspectiva de que o hospital estará em funcionamento dentro de um ano aproximadamente se tudo correr como estamos prevendo”. O presidente do hospital disse que “a governadora Cida Borghetti e o secretário Nardi demonstraram, mais uma vez, a sensibilidade para as necessidades de Paranavaí e da região. E é de justiça também registrar o trabalho do Ricardo Barros, que vem nos auxiliando nesta questão da compra dos equipamentos como deputado e no período que foi ministro.

A Unidade Morumbi é resultado de uma negociação que envolveu os proprietários do antigo Hospital Noroeste, Prefeitura de Paranavaí, Governo do Estado e a Santa Casa. Em 2010, após investir cerca de R$ 10 milhões (valores atualizados) na obra, a época com 5.800 m², o grupo de empresários desistiu do empreendimento e devolveu o terreno para a prefeitura e, de forma amigável, doou as instalações à Santa Casa. A Prefeitura permutou o terreno por um da Santa Casa, onde está construída a UPA. Com o empreendimento na posse de um entidade filantrópica, o Governo do Estado pode investir R$ 20 milhões para a conclusão das obras físicas do hospital, que foi ampliado para 8.300 m². A unidade terá 110 leitos comum e 13 de Terapia Intensiva (UTI). A nova unidade terá cerca de 450 funcionários.

 

 

 

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.