Advogada desmente

Publicado em 07 de agosto de 2018

Inelegibilidade de Rogério Lorenzetti

A coordenadora jurídica da campanha do ex-prefeito Rogério Lorenzetti (PSD) à Câmara Federal, Carla Karpstein, desmentiu nesta terça-feira (07) que o candidato estaria inelegível. “Isso não passa de boato, muito comum nas campanhas eleitorais. Verifiquei toda a documentação do Rogério e não há nada que o torne inelegível”, diz ela, que é presidente da Comissão Eleitoral da OAB/PR.
Para o grupo que atua no marketing do candidato, o rumor “não passa de fake News, desespero dos adversários”. A candidatura de Rogério será registrada nas próximas horas na Justiça Eleitoral. “Dia 16, começamos a pedir votos”, garante Lorenzetti.
A advogada lembra que, por ter sido prefeito, é comum que haja algumas pendências de ordem técnica no Tribunal de Contas para ser corrigida. “Mas não há absolutamente nada que possa levar o Rogério à inelegibilidade. E se alguém contestar o registro de sua candidatura é com único objetivo: criar um factoide, pois não há respaldo legal para contestação desta candidatura. Serão dois trabalhos: o de contestar e o de perder”, reforça a especialista em Direito Eleitoral.
Nos últimos dias, “pessoas de má fé” e com “interesses escusos e desespero”, segundo a assessoria do candidato, tem procurado disseminar a “informação mentirosa” de que o ex-prefeito Rogério Lorenzetti estaria inelegível. “Eu lamento profundamente este tipo de fazer política. É a política antiga, da mentira, da safadeza. Na falta de propostas, apelam para este artifício para tentar prejudicar minha candidatura”, diz Rogério, que acrescenta: “a utilização deste recurso é a demonstração cristalina que nossa candidatura está incomodando, de que já perceberam que seremos eleitos. E vamos incomodar ainda mais, pois todos os dias estamos recebendo manifestações de apoio, aumentando o volume da campanha, que no dia 7 de outubro, se transformará em votos”.

Alda

6 comentários sobre “Advogada desmente

  1. Prezado ex prefeito e postulante a vaga da Camara estadual Rogério, nós servidores se lembraremos como o senhor valorizou a classe tirando insalubridade de alguns e a valorização que o senhor nos deu inclusive quando parcelo o reajuste

  2. Ele devia ter tirado muito mais de vc pq não sabe nem escrever e como era funcionário público? Bom está agora, de certo.

    • Realmente o comentário do “servidor” possui erros de ortografia mas conseguiu passar sua mensagem com clareza.
      Diferentemente do seu comentário!

        • Calma Pablo…
          Entenda e aceite que é melhor errar na ortografia do que ser incapaz de se fazer entender. Leia novamente o seu comentário. Se ainda acreditar que ele transmite uma mensagem clara e precisa, então a sua comunicação é lamentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.