População ainda não está em clima

Publicado em 14 de junho de 2018

Benatti,-Gehlen,-Carlos-Roberto-e-Lucas-Barone---1O clima de campanha eleitoral deste ano ainda não contagiou os eleitores, o que deve acontecer somente após o final da Copa do Mundo. A constatação é do ex-prefeito de Nova Esperança (1997-2000) e presidente municipal do PDT, o advogado José Benatti. Ele fez o comentário ao presidente do PV de Paranavaí, Maurício Gehlen, pré-candidato a deputado estadual, que o visitou na tarde desta quarta-feira (14) em seu escritório. Na visita, Gehlen estava acompanhado dos vereadores Lucas Barone (MDB), de Paranavaí, e Carlos Roberto (SD), de Nova Esperança, o mais votado no município.
Militante na política partidária há 30 anos, Benatti disse que o momento é de renovação, pois a classe política está desacreditada. Lamentou, no entanto, que os eleitores pedem mudanças, mas acabam votando nos mesmos. O ex-prefeito lembrou que os políticos são fruto do seu meio social. Se este meio está contaminado, o eleito também estará contaminado.
“O eleitor quer mudança, mas pede e vota em quem dá o jogo de camisa para seu time. Ou seja, ele quer mudança, mas não muda”, atestou o vereador Barone.
Na conversa, Gehlen ressaltou que está colocando seu nome à disposição dos eleitores, mas “para fazer uma política diferente de tudo que está aí. Queremos uma política de resultados e não do toma lá, dá cá”.
PREPARADO – A conversa com o ex-prefeito foi depois de uma visita ao jornal Noroeste, onde concedeu entrevista aos jornalistas José Antônio Costa e Alex Fernandes França. Aos profissionais de imprensa, Gehlen ressaltou que “estou entrando na política, mas não para ser mais um dos mesmos, mas para fazer a diferença”. Enfatizou, ainda, que quer mostrar que é possível o empresário deixar um pouco a sua empresa e fazer algo diferenciado para a população. “Temos que desmistificar que a política é algo sujo”, sublinhou.
Gehlen disse na entrevista que “o povo está cansado” e que em suas andanças na pré-campanha tem observado que há um clamor por novas candidaturas para que haja a mudança no atual sistema político. Defendeu a participação na política de mais pessoas preparadas. Ele mesmo fez uma pós-graduação em gestão pública antes de decidir ingressar na política partidária.

Desconto-na-mão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.