Gehlen se licencia

Publicado em 13 de junho de 2018

Em ofício, nesta quarta (13), o empresário Maurício Gehlen (PV), pré-candidato a deputado estadual pede afastamento temporário do cargo de conselheiro da Santa Casa de Paranavaí para dedicar-se à campanha eleitoral.
Gehlen fala do clamor da população por mudanças, de ética, e assume compromisso com a Santa Casa.
Veja a íntegra da carta.Senhor presidente:
Sirvo-me do presente para pedir meu afastamento temporário do cargo de conselheiro fiscal desta instituição filantrópica, que tem prestados grandes serviços à nossa região e da qual tenho honra em participar da diretoria. O período de afastamento será a partir desta data até 30 de outubro.
Me afasto do honroso cargo pois colocarei meu nome à disposição do eleitorado, disputando uma cadeira na Assembleia Legislativa do Paraná. O Brasil vive um momento diferenciado, em que a população clama por mudanças. Em nosso Estado não é diferente. O brado pela renovação é evidente, há um pedido para oxigenar os poderes com ideias inovadoras.
A população pede um novo jeito de fazer política.
É exatamente por conta deste aspiração popular de fazer uma política diferenciada é que estou pedindo meu afastamento do cargo de conselheiro, o que não haveria necessidade pois não faço parte da diretoria-executiva. Ainda assim, prefiro meu afastamento para conduzir uma campanha ética.
De outro lado, senhor presidente, quero que saiba, vossa senhoria e toda a diretoria, que, eleito, a Santa Casa de Paranavaí, terá um representante legítimo na Assembleia Legislativa e um “procurador” para apresentar ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado de Saúde as suas demandas e, principalmente, lutar pelo seu atendimento.
Sendo só o que se apresenta para o momento, aproveito o ensejo para renovar protestos de elevada estima e distinta consideração.
Atenciosamente,
Maurício Gehlen

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.