RECONHECER É PRECISO

Publicado em 24 de abril de 2015

Não é necessário ser psicanalista para convencer ninguém de que, em qualquer área da vida, reconhecimento é conduta de pessoas justas, altivas, autênticas, que resistem a influências de qualquer ordem.
Conheço ‘VELHO GAGÁ’ muito bem – mais do que alguns imaginam -, e também conheço a pessoa do atual Secretário de Saúde local, AGAMENON ARRUDA DE SOUZA, há muitos anos, embora por força da dinâmica da vida, com este não guarde qualquer vínculo de amizade.
Contudo, não posso fechar os olhos às justas palavras de VG sobre os trabalhos desse Secretário em seu recente artigo de opinião aqui (22.04), intitulado “O MAESTRO E SEUS MÚSICOS”.
Lembro-me que durante os quatro anos do primeiro governo dessa Administração passaram pela mesma pasta quatro outros Secretários, e inclusive à época muito se falou no nome de um médico local para o cargo, mas não resultou em nomeação.
No entanto, o fato de a nova escolha do Prefeito reeleito haver recaído sobre Agamenon, um filiado de seu partido político (PMDB), que por ofício é despachante de trânsito, foi e continua até hoje sendo motivo para escárnios gratuitos por alguns, mas isto se dá sem razão alguma. A escolha já provou que fora acertada.
E o digo por duas razões óbvias: primeira; quando nomeado para o cargo Agamenon já vinha de uma experiência assentada sobre décadas de convívio com os problemas da saúde pública local, integrando a diretoria da Santa Casa de Paranavaí; segunda; se o empenho pessoal do Secretário não apresentasse os resultados positivos esperados na função lhe delegada pelo Prefeito, logicamente que a estas horas ele não estaria à frente da pasta, caminhando já para o terceiro ano.
Exigir novos benefícios para a Saúde Pública é direito de todos os cidadãos e cidadãs. Porém, RECONHECER os fatos positivos de benefícios diretos ou indiretos já recebidos, como o fizera com nobreza o cidadão VG em seu artigo em relação aos trabalhos do Secretário de Saúde, Agamenon, é mais que uma obrigação de qualquer um, é MOTIVADOR.
E motivação é ato de inteligência, porquanto valoriza a pessoa que a recebe e a impulsiona a manter-se proativa, buscando resolver necessidade presente e antecipar soluções para futuros problemas que, aliás, na Saúde Pública rebrotam a cada novo dia.
Reconhecer qualidades alheias pode não ser fácil para alguns, mas esse temor culturalmente nos incutido na essência deve ser trabalhado e vencido por todos nós, individualmente, como com nobreza o fizera o ‘VELHO GAGÁ’.
Zé Roberto Balestra

Desconto-na-mão

25 comentários sobre “RECONHECER É PRECISO

  1. Sr.Balestra… ja deu pra notar que o Sr. não conhece o senhor AAS…pudera… o sr. não mora em Paranavai e nao depende de seus préstimos na area da saúde, pois tem muito muito mesmo a desejar. Aqui em Paranavai foi feita uma pesquisa pra dar uma nota de 0 a 10 pro secretario… e sabe o resultado… nao vou dizer… mas foi uma calamidade. agora se quizer conhecer o seu trabalho nesta area, é só pedir pro povo dar sua opiniao no blog do Joaquim (onde o sr.escreve)!

    • O Balestra não vem a Paranavai já fazem uns 15 anos, como vai saber como está a saúde daqui, está puxando saco do sujeito sem saber o sofrimento da população com o caos que está a saúde em Paranavai.

  2. Reconher é preciso. Principalmente que a saúde vai mal. De quem é a culpa? Vi a triste entrevista do secretário querendo colocar a culpa no governo federal e estadual. é facil compartilhar culpas, se isentando do problema. Esse negocio de que não pode investir dinheiro publico no prédio do PÁ é conversa fiada. Em aumento de salário pode. A Delegacia estava destruída, hoje é um exemplo. Nessa o Conselho de saude acertou: falta capricho. O secretario AAS e bem intencionado. Mas a equipe e fraca. Gente faça um mutirão junto a sociedade num final de semana coloca tudo em ordem. Quando da montagem da Unespar foi passado um livro ouro, sobrou ajuda. Temos que Reconher sim: Falta capricho.

  3. O Balestra é filho de Paranavaí e muito mais paranavaiense do que muita gente que, pelo simples fato de residir aqui, se julga no direito de classificar-se cidadão.
    Concordo com o Analista: a saúde vai mal. Mas isso não é uma situação só de Paranavaí, é um problema nacional. Paranavaí neste sentido é privilegiada, até mesmo por ter um Conselho atuante e uma equipe bem intencionada.
    É bom que se diga o seguinte: o setor da saúde é como um buraco sem fundo. Não há, nem haverá dinheiro suficiente para satisfazer as necessidades e principalmente as reclamações do povo. Esta é uma das histórias brasileiras que precisariam ser reescritas.

    • Rose
      As casas do MUNDO INTEIRO podem estar sujas, mas a MINHA eu quero LIMPA, MUITO LIMPA. Caso contrário, minha imagem também será suja, assim como minha casa, porque na verdade EU SOU AQUILO QUE FAÇO E NÃO O QUE FALO.
      Essa conversa mole de dizer que em todo país ou que no mundo inteiro é assim, só serve de muleta para os ALEIJADOS MORAIS (do mundo inteiro) levar adiante seus intentos de continuar gerenciando mau o dinheiro público EM BENEFÍCIO PRÓPRIO.
      Há dinheiro suficiente neste país para tudo que o ser humano precisa para não adoecer como alimentação, educação, moradia digna (sem favores), saneamento básico e por aí afora. Tanto dinheiro que, mesmo com tudo isso se UM SER HUMANO viesse adoecer, daria para prestar atendimento imediato, acertado, em local limpo, sem filas, sem humilhações, inclusive para os ESTRANGEIROS.
      Concordo com Velho Gagá que o AAS foi o melhor secretário desta gestão, mas discordo do Poucas falas quando diz que não há dinheiro para saúde e que esse setor é um buraco sem fundo.
      SEM FUNDO É O BURACO DA AMBIÇÃO, DA CORRUPÇÃO, DA FALTA DE VERGONHA, DA INDIFERENÇA DOS POLÍTICOS, DO COVIL DAS RAPOSAS ANÔNIMAS QUE SE APROVEITAM DE TODA ESSA SUJEIRA, E DE TODO SISTEMA RESPONSÁVEL PELA ORDEM DESTE PAÍS QUE NOS JOGOU NO BURACO EM QUE HOJE ESTAMOS SEM QUE TENHAMOS SAÍDA.

  4. é muita conversinha fiada, a situação é fácil de resolver. muda para um secretario competente, que entende, que tem a aceitação da sociedade que respeite as pessoas que precisam do pa, que a saude já melhora 90% os outrso 10% é facil de resolver sr. prefeito. acorda rogério a vaca está indo para o buraco com esse secretario

  5. Sempre que posso leio esse blog e do J.P., e sempre que vejo publicações do Sr. Balestra, do Velho Gága e do Sr. Parreiras Rodrigues tenho certeza em ler bons e ótimos artigos.
    Parabéns a vocês que expõem com clareza e objetividade assuntos de interesse e importância para nós cidadãos.
    Continuem a nos presentear com suas palavras.

  6. Me parece que há concordância de todos quanto ao fato de que, independente dos problemas da saúde, o secretário merece respeito e consideração afinal três mandatos no cargo é um reflexo de competência dele próprio.

    • Preclara e Conspícua Sra Artiodactyla Bovinae anômala, respeitosamente eu pergunto;

      É errado afirmar que o Prefeito Rogério J. Lorenzetti, teve 4 Secretários de Saúde e o Sr. Agamenon já permanece fazem 3 anos no cargo, como afirma o Dr. Balestra no Artigo?

      Desde já, agradeço sua atenção

    • Será ? O que esse cidadão entende de saúde? O que ele faz lá fora não me interessa correto mas o que ele entende de saúde interessa não só a mim mas a população de do município, correto? Pelo amor de Deus chega de cargo político.

  7. Um prefeito que nao ouve o povo… de duas coisas, uma ao menos: ou é surdo ou se faz de mouco!!! cego…. talvez, e sabem porque… poruqe nao ve e nao ouve o povo, e continua mantendo na saúde… um senhor que é igual… só conversinha!!!

  8. Digo Agamenon em sua funçao responde a todos e instrui aonde cobrar.
    Sejam paciente e não so cliente, o Brasil esta sofrendo Paranavai esta se saindo pense bem. abraço bira

    • Paranavai cresceu então devemos ajudar no que puder e nunca so criticar.
      Quanto em uma disputar surgue o vencedor vamos ajuda-lo.
      abraço BIRA

  9. Ao Cezar:
    Sou funcionário da prefeitura a mais de 20 anos. Sou concursado. Mas o que vou escrever não tem nada haver com minha função.
    Acompanho seus comentários neste blog e no blog do Joaquim e me desculpe a franqueza, voce se comporta com um velho rabujento que só sabe reclamar. Voce diz que mora na vila a 50 anos. Tenho minhas duvidas se voce mora na vila mesmo. Se voce mora é daqueles que é o pior cego, que é o que não quer ver.
    A vila nunca recebeu tantos investimentos como nos últimos anos. Quanto foi feito de asfalto aí? ganhou um postão de saúde, ganhou o centro da juventude, ganhou dois conjuntos de casas populares, ganhou a clínica da mulher, tem escolas, est~çao construindo uma creche, tem o caic, tem o tiro de guerra, tem o detran, tem o bosque que precisa ser melhorado, mas tem, tem igrejas, tem iluminação rebaixada, tem dois asilos, tem um comércio que está se desenvolvendo, tem o cecap que era um hospital abandonado, mas o Cezar não consegue enxergar isso. Fica olhando para o buracão que não foi resolvido, olhando o bosque que precisa melhorar, mas ele não vai lá para descobrir quem abre buracos na cerca e também não vai no buracão anotar as placas de quem joga lixo e denunciar para a polícia. Será que você participa de alguma associação da vila, como o cecap, os asilos, a associação de moradores ou só reclama. É assim que voce pratica a cidadania, só reclamando.
    Acho que voce Cezar vai no posto de saúde, é bem atendido e fala mal. E vem aqui perguntar o que o secretário entende de saúde. E eu te pergunto: o que voce entende de saúde para ficar criticando. No postão tem médico? Acho que o Cezar não sabe responder porque ele não mora na vila.
    Com o asfalto que chegou aí no bairro a casa onde voce mora valorizou ou ficou no mesmo valor só aumentou a inflação.
    Voce reclama Cezar dos aumentos de salários, costuma dizer que os braçais recebem pouco. Voce acha certo um pessoa que estudou ganhar a mesma coisa de quem não estudou. Eu estudei a noite e trabalhava durante o dia. Fiz até faculdade à distância. E agora um serviços gerais tem que ganhar o mesmo que eu?
    E não venha com a desculpa que eles não tiveram a oportunidade de estudar. Ia esquecendo, aí na vila tem o Cebeja, a escola para jovens e adultos. Hoje não estuda quem não quer.
    Na sua opinião Cezar, o prefeito, os secretários e os vereadores são todos incompetentes. Eles são incompetentes e se tornaram prefeito, vereadores e secretários. E voce, que é competente, chegou onde?
    Sabe Cezar, vou a vila pelo menos umas três vezes por semana e estava até pensando em mudar para o bairro. Mas acho que é melhor ficar onde estou. Vai que dou azar e viro seu vizinho! E acho que voce é daquelas pessoas que jogam lixo na rua e depois reclama que bueiro está entupido, se é que voce mora mesmo na vila.
    Não acho que esta é uma boa gestão para os funcionários, mas é uma das melhores para a cidade. Hoje tenho orgulho de trabalhar numa prefeitura que está construindo muitas obras pela cidade.

  10. Já passou da hora do velho Balestra vir a Paranavai conhecer a realidade da nossa cidade e não ficar dando opinião porque viu na internet, quem é o Balestra em Maringá? quem é o Balestra em Paranavai? ele fica o dia todo em blogs, Facebook, não sabe a realidade das coisas, (…).

  11. Só quem vive na cidade é que sabe o quanto está mal nossa saúde, confesso que não conheço o Sr. José Roberto Balestra mas conheço sim o seu irmão o Ricardo Balestra que foi gerente da COPEL em Maringá, foi vereador em Maringá, foi também secretário de estado do Mato Grosso do Sul e hoje aposentado é um dos mais brilhantes advogados em Curitiba.

  12. Gostaria de convidar o maringaense Dr. Balestra a vir a Paranavai conhecer a saúde da cidade, o cara fala o que não sabe.

  13. Excelente e oportuno texto Dr Balestra!

    Como sempre nos brindando com palavras sábias.

    E Parabéns para o secretario AAS, um guerreiro fiel e competente.

  14. Pra começar já está errado, como pode um despachante de transito ser secretário de saúde, e tem gente que defende, e defende porque? interesses suspeitos com certeza, o que estaria planejando o Dr. Balestra? inimigo declarado do candidato do PT a prefeitura da cidade, o Sr. Anibal Pagamunici, Balestra tenta elogiar o gestão atual para prejudicar o candidato da oposição.

  15. Matéria suspeitíssima, sempre existirá os vendedores de casas pegando fogo, a casa está se acabando em fogo e aparece o vendedor dos diabos argumentando e defendendo que a casa está em perfeitas condições e que está certo e que a maioria do povo está errado. Sr. Balestra me poupe destes detalhes sórdidos. Morando em Maringá e se achando no direito de passar uma falsa sensação que está tudo azul com a saúde em Paranavaí. Vendedor de matéria falsa.

    • Concordo plenamente contigo Paranaense, esse Balestra tem a petulância de falar coisa que não sabe, ele deveria vir e ficar uma semana em Paranavai para ver como estão as coisas, realmente este artigo é muito suspeito, ai tem………..

  16. Dr. Balestra:
    Admiro a serenidade com que você administra os comentários a respeito de sua pessoa, por isso, as vezes, sinto vontade de participar.
    O bom mesmo desses blogs é a abertura que eles proporcionam a todos de forma democrática, sem distinção de cor, raça, religião, posição social ou político-partidária, nível de escolaridade, local de moradia, rol de amizades, respeitando a opinião que cada um emite a depender da visão, capacidade de ponderação, caráter, etc.
    Infelizmente alguns se preocupam com os que de alguma forma se destacam, mesmo que com um único texto, como a posição social, a preferência por partidos políticos, outros com o local de moradia, profissão, e, outros ainda (quando se sentem muito atingidos) com os erros de português, (que reconheço ser chato mesmo) como se isso limpasse ou pelo menos aliviasse um pouco suas consciências.
    A meu ver, se o que se escreve aqui, sem a intenção de ofender a alguém diretamente fez “MAL” a alguém especificamente, significa que o texto, com ou sem erros de português, atingiu o seu objetivo e fez o efeito esperado. O importante é que ninguém o redigiu ou corrigiu por mim ou influenciou em minha opinião.
    E, para me redimir, deixo uma linda mensagem de Deus por meio da Bíblia, em salmos 15:3:
    OS OLHOS DO SENHOR ESTÃO EM TODO LUGAR, CONTEMPLANDO OS “MAUS E OS BONS”.

    ABRAÇO.

  17. O Dr. Balestra tem todo direito de ter sua opinião, os leitores deste conceituado blog também possuem o direito de concordar ou não com o Dr. Balestra, mas(sempre tem o mas) o Dr. Balestra não pode se omitir de defender sua posição enquanto leitores estão discordando de sua posição, é assim que conceitua o debate, que venha para o debate o Dr. Balestra.

  18. Arouca, está coberto de razão. Aqui os blogueiros dão suas opiniões que outros podem divergir. Ninguém em são consciência é o dono da verdade. Toda unanimidade é burra, segundo alguns intelectuais! Por isso continuaremos expondo nossas opiniões!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.