OPINIÃO Ary Bracarense Costa Júnior

ELES NÃO ENTENDERAM NADA!! SERÁ?

Publicado em 26 de março de 2015 - 22:44

Em recentíssima  entrevista no Programa Roda Viva da TV Cultura, o líder do movimento “Vem pra Rua”, Sr. Rogério Chequer, afirmou que o lema das próximas manifestações,  do dia 12 de abril será “Eles não entenderam nada”. Será mesmo?
Será que o Governo representado pela “humilde” Presidente Dilma não entendeu, ou não quer entender o espírito das últimas manifestações? A crise política, econômica e institucional que assola a Nação continua. A corrupção também! Nenhuma providência foi tomada. Só conversa fiada. Reforma política? Esquece! É profundamente lamentável que a Presidenta Dilma nem mais se preocupe com os altos índices de reprovação.
E o que é pior. O desemprego vem aportando, no porto inseguro do descontrole administrativo, da recessão, da queda de vendas e do aumento dos juros. Nenhuma decisão foi tomada, senão a tentativa de mascarar a corrupção e atribuir culpados ao passado. A denominada “velha senhora”, amiga e comadre da Presidente Dilma e do Ex-Presidente Lula, continua na ativa. Pelo andar da carruagem, terá no mínimo mais três anos e meio de vida! A bem da verdade, o resultado das últimas manifestações foi muito mais espiritual do que prático. Teve como único resultado, pelo menos até agora, lavar a alma dormente do brasileiro.
Contudo, tomara que esteja errado! Sinto que o movimento vem perdendo sua força e finalidade. Não pela sua capacidade de aglutinar. Essa é inquestionável! Mas, sobretudo, pela mudança de rumo, leia-se, pauta. Há uma inequívoca demonstração de não saber aonde, efetivamente, se quer chegar. Explico. Na citada entrevista, o entrevistado, suposto líder do movimento, ao ser indagado qual seria a pauta da próxima manifestação, mudou o rumo, apresentando três novas  pautas: a) tentativa de diminuir o número de ministérios; b) o Ministro Toffoli fora do Julgamento do Petrolão e c) a Abertura de Caixa Preta do BNDES.
É óbvio que essas pautas são justíssimas e legítimas ao nosso País. Mas poderá haver uma dissonância da energia inicialmente direcionada. Ora são tantas as reivindicações, que a população já nem mais sabe o que pedir! Se dispersar a energia, perde-se, invariavelmente, o foco e o objetivo, ou seja, dispersa a força do movimento.
Nesta mesma linha de raciocínio, sem proferir um juízo de cognição verticalizado sobre a justa pauta elencada, indago? Não estaria havendo uma acomodação do movimento em relação ao Governo Petista. “FORA DILMA”?  A mudança de rumo não nos levará a um lugar diferente do inicialmente proposto?  Ora, num primeiro momento pugnaram pelo “Impeachment” da Dilma, neste segundo momento, quando o movimento começa verdadeiramente a decolar, mudam radicalmente a pauta. Causa uma estranheza mínima!
Onde esse movimento quer chegar? Confesso que não entendi! Precisamos ter cautela em relação aqueles que se intitulam líderes de uma manifestação que nasceu da vontade popular de mudar o Brasil. Caminhos desconhecidos nos levam a lugares indesejáveis. Vamos aguardar, torcendo que o Brasil volte a trilhar o caminho certo!

Jornal Panorama do Noroeste
Adir Boni Jr
Psicoclínica

Onde há fumaça há fogo

Publicado em 30 de março de 2015 - 21:35

A assessoria da Câmara Municipal de Paranavaí divulgou a visita do ex-deputado Antonio Anibelli (PMDB) ao presidente da Casa, Mohamad Smaili (SDD), na semana passada. O texto só traz amenidades, mas as informações são de que a visita teve um objetivo: convidar Mohamad a voltar para o PMDB e ser candidato a prefeito pela sigla.
A visita foi acompanhada pelo diretor da Casa, ex-vereador Genécio Feuser e pelo funcionário do PMDB local, Luiz Pereira de Lucas, o Luizinho da Saúde.

Alda6

Prefeitura oferece 8% de reajuste

Publicado em 30 de março de 2015 - 18:03

Representantes do Poder Executivo Municipal e do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Paranavaí (Sinserpar) voltaram a se reunir hoje para tratar sobre o reajuste salarial da classe. A proposta é reajuste de 8% para todos os servidores municipais, que será escalonado em duas etapas: sendo 4% em abril e mais 4% em outubro.
Os 711 servidores da chamada Classe A (que recebem os menores salários) também serão beneficiados com um aumento no abono salarial, que passará dos atuais R$ 43,04 para R$ 100,00. Com isso, o menor salário pago pelo município será de R$ 923,07. Continuar lendo

AA depósito_casarão_tira2

Bota longo nisso!

Publicado em 30 de março de 2015 - 17:59

O prefeito Rogério Lorenzetti (PMDB) disse hoje, na aula inaugural da quadra municipal que “desde o início fizemos questão e apresentamos justificativas para que nossa Guarda Municipal fosse treinada pela Polícia Militar. Poderíamos ter terceirizado os serviços de treinamento, mas jamais seria com a qualidade que vocês terão aqui e, mais importante, com a possibilidade de relacionamento direto com as forças policiais. O caminho que nos trouxe até aqui foi longo, mas hoje a Guarda Municipal se torna realidade em nossa cidade”. Longo? Bota longo nisso.
Lorenzetti frisou ainda que a Guarda Municipal será armada e tem responsabilidade principal de zelar pelos prédios públicos. “A Guarda tem uma atribuição constitucional de proteger o patrimônio público municipal. Em Paranavaí hoje temos pouco mais de uma centena de equipamentos e prédios públicos. Só na educação são aproximadamente 30 escolas e Centros de Educação Infantil, outros 28 equipamentos da área de Saúde e outros tantos das mais diversas áreas. O município gasta aproximadamente R$ 530 mil consertando vandalismo. Só por aí já se justifica a Guarda Municipal. Além, evidentemente, da proteção à vida das pessoas que possam estar em risco”, explicou.
Ao todo, 52 candidatos aprovados no concurso foram convocados para participar do curso na Escola de Formação, que será conduzida pela Polícia Militar e terá duração de quatro meses. Destes, 42 candidatos se apresentaram para a aula inaugural. Esta será a última etapa antes da implantação da Guarda Municipal. Continuar lendo

Alda6

“Vem pra Rua” vai defender o impeachment

Publicado em 30 de março de 2015 - 17:44

O grupo “Vem pra Rua”, que defendia a ética na política e um basta na corrupção e na má gestão de recursos públicos, mas hesitava em defender o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) admite rever seu posicionamento. Segundo o empresário Rogério Chequer, um dos líderes do grupo, há “um clamor muito alto” para o “Vem pra Rua” passar a defender esta bandeira. Ele diz que, até então, não via as condições legais para o impeachment, mas novas ações do governo, especialmente os acordos de leniência com as empresas envolvidas na Operação Lava Jato pode dar sustentação jurídica ao pedido de impedimento da presidente de continuar no cargo.

AA depósito_casarão_tira2

Chuvas provocam estragos em Paranavaí

Publicado em 30 de março de 2015 - 14:06

A madrugada de hoje foi de fortes chuvas em Paranavaí e para recuperar os estragos, equipes das secretarias municipais de Infraestrutura e Agricultura saíram às ruas já  no período da manhã para realizar um levantamento dos pontos mais críticos e executar serviços emergenciais.
De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, a precipitação desta madrugada passou de 55 mm, sendo que destes, 33 mm ocorreram em apenas 15 minutos de temporal.
O Corpo de Bombeiros não registrou ocorrências, mas a Secretaria de Infraestrutura confirmou pontos de alagamento próximos ao Cemitério Municipal e ao Posto da Polícia Rodoviária Federal (acesso ao distrito de Sumaré). A Secretaria de Desenvolvimento Urbano também está realizando um levantamento nos bairros que estão recebendo obras pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).
Segundo o secretário de Infraestrutura, Eurípedes Lemes Silva, algumas das regiões que foram alagadas são de baixada. Em outras, os bueiros não deram conta de escoar a água porque foram obstruídos por folhas, galhos de árvores e lixo.
De acordo com ele, o trabalho de recuperação começou pela Rua Altino da Silva Azeredo, no Jardim Monções, onde parte do asfalto se soltou. Outra frente de serviço trabalha nas ruas Albino Silva e Adib Aburad (proximidades do Cemitério Municipal), fazendo a limpeza da via e das bocas de lobo.
ÁREA RURAL – Os estragos também chegaram à área rural, só que em menor proporção, conforme relatou o secretário de Agricultura, Osmar Wessler. Ele calcula que cerca de 30% das estradas foram danificadas de alguma forma. Os trabalhos estão concentrados neste momento na estrada das Campinas.

Alda6

Mais dor de cabeça para Beto Richa

Publicado em 30 de março de 2015 - 13:19

Depois de ver o nome de sua secretária de Administração e Previdência, Dinorah Botto Portugal Nogara, ser arrastado para as investigações da “Operação Voldemort” , desencadeada pelo Gaeco, o governador Beto Richa (PSDB) começa a semana tendo que dar novas explicações. É que, segundo revelou o Jornal der Londrina, o fotógrafo e ex-assessor do governo do Estado Marcelo Caramori afirmou em depoimento ao Ministério Público que o empresário Luiz Abi Antoun seria o grande “caixa financeiro” do governador Beto Richa (PSDB), sendo responsável por arrecadar dinheiro para campanhas eleitorais. Hoje o governador já rechaçou as denúncias e o PSDB informa que vai processar Caramori.

AA depósito_casarão_tira2

O céu é o limite

Publicado em 29 de março de 2015 - 09:58

Em seu perfil na rede social, o prefeito Rogério Lorenzetti (PMDB) comemorou sua passagem por Curitiba esta semana, com destaque para a audiência que teve com o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, que se comprometeu a liberar R$ 11,5 milhões através do Paraná Urbano. Em seu texto, o prefeito cita que a maior parte dos recursos será aplicado na recuperação de pavimentação e pondera que a liberação dos recursos só é possível graças à organização do município. Otimista, escreve que “Paranavaí tem pressa, competência, boa articulação política e uma equipe administrativa eficaz. O céu é o limite!”.
Veja abaixo a íntegra do texto de Rogério.
Esta semana tivemos excelentes notícias. Começando pela possibilidade, agora encaminhada para a parte burocrática, de termos mais recursos, na forma de financiamento feito pelo órgão de fomento do estado.
Compromisso assumido pelo secretário Ratinho Jr, com a anuência do governador Belo Richa e a intervenção do deputado Tião Medeiros, estes recursos, que somam aproximadamente 11,5 milhões de reais, serão destinados às áreas de meio ambiente e infraestrutura, com destaque à recuperação da pavimentação antiga da cidade, em trechos ainda não contemplados pelo nosso programa ProRevita, cujo objetivo é de recuperar o pavimento existente, a maioria com “prazo de validade” vencido pelos anos de existência. Continuar lendo

Alda6

Richa e o braço do PT

Publicado em 28 de março de 2015 - 17:46

Da coluna Notas Políticas – Gazeta do Povo

O governador Beto Richa (PSDB) soltou o verbo contra alguns dos seus “inimigos” políticos. Em entrevista à Revista Veja, o tucano disse que a greve dos professores deste ano teve conotação política. “A greve não teve justificativa, ainda mais naquele porte”. Para ele, o acampamento dos professores, a ocupação da Assembleia e os demais atos da greve foram motivados porque o sindicato da categoria “é um braço do PT”.

Ó vida, ó céus
Não é a primeira vez que o governador diz ser perseguido. Ele justificou a crise financeira do estado, no ano passado, por “perseguição do governo federal”, orquestrada especialmente pela ex-ministra da Casa Civil e senadora petista Gleisi Hoffmann, que teria trabalhado para não liberar empréstimos para o Paraná. Também disse que as mais de 20 rebeliões ocorridas em apenas um ano nas penitenciárias do estado eram “coisa programada” para desgastá-lo em ano eleitoral.

Inimigo íntimo
Na mesma entrevista, Richa culpa o ex-governador Roberto Requião (PMDB) pela crise, por supostamente ter deixado dívidas em aberto. Ele disse ainda que não cometeu estelionato eleitoral por dizer que “o melhor está por vir” na campanha. “Eu acabei de assumir, faz três meses. O melhor está por vir ao longo do mandato. O mandato é de quatro anos”, ressaltou, se esquecendo que comanda o Palácio Iguaçu desde 2011.

AA depósito_casarão_tira2

Revitalização do buracão da Vila Operária

Publicado em 28 de março de 2015 - 09:23

Com a finalidade de angariar recursos estaduais para a revitalização do depósito de resíduos localizado na Rua Luiz Spigolon, mais conhecido como buracão da Vila Operária, os vereadores Walter dos Reis e Zenaide Borges, ambos do PMDB, entregaram projeto ao deputado estadual Tião Medeiros (PTB) em recente visita à cidade.
O projeto pede a transformação do local em área de lazer, contemplação, arte e educação, com bosque, playground, área para esportes, pista de caminhada, ciclovia e um espaço cultural com biblioteca e até auditório.
Os vereadores alegam que os moradores desta área, localizada próxima a duas escolas municipais, colégio estadual, Cecap e de uma Unidade Básica de Saúde, sofrem com a poeira e a fumaça exaladas durante o dia. “Este local usado como lixão de entulhos, não trará à comunidade boa qualidade de vida, justamente pela sujeira, poeira e lixos depositados por moradores que não contribuem para a ordem do local. Muitos serão os benefícios na revitalização desta área em parque urbano”, disse Walter.
Os vereadores acreditam que a transformação desta área degradada em um complexo cultural, recreativo e esportivo vai proporcionar melhor qualidade de vida à população. “Este vai ser um local onde as famílias paranavaienses vão poder se divertir, descansar, fazer exercícios, além de ser uma referência de lazer para a região noroeste. Paranavaí necessita de forte demanda na área de lazer, até porque a maioria das praças não possui mobiliários urbanos de recreação e diversão”, explicou Zenaide.
O projeto de construção de um parque urbano na cidade foi elaborado pela arquiteta Roberta de Pizza da Silva.
Agora, o deputado Tião Medeiros estuda o projeto com o objetivo de ampliar a área. “Este é um projeto de grande relevância para o município. Vamos analisar e ver o que pode ser feito”, afirmou.
A proposição também é de autoria do vereador Aldrey Azevedo (DEM).
Vale lembrar que no começo do ano passado, o vereador Walter dos Reis realizou reunião com o prefeito Rogério Lorenzetti e moradores do bairro pedindo a colaboração da comunidade para manter o local adequado apenas para o depósito de entulhos até a viabilidade de uma nova solução.
E inclusive, viajou a Brasília para solicitar recursos ao deputado federal João Arruda com o mesmo propósito.

Alda6

Ratinho Jr libera R$ 11,5 milhões para Paranavaí

Publicado em 27 de março de 2015 - 17:05

O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, anunciou a liberação de R$ 11,5 milhões, através de financiamento do Paraná Urbano, para o município de Paranavaí.
O anúncio foi feito ao prefeito Rogério Lorenzetti e ao deputado Tião Medeiros, após audiência com o secretário, quando ele recebeu os pleitos da cidade. Rogério solicitou R$ 6,5 milhões para obras de recape, R$ 2 milhões para implantação de praça em diversos bairros e R$ 1,5 milhão para a implantação de uma nova célula no aterro sanitário. Além disso, a SEDU vai autorizar mais R$ 1,5 milhão para aquisição de caminhões basculantes que tramitava desde o ano passado e por questões burocráticas dentro da Secretaria acabou não sendo liberado. Continuar lendo

AA depósito_casarão_tira2

Ducci quer isenção de IPI para carros elétricos e híbridos

Publicado em 27 de março de 2015 - 09:58

O deputado federal Luciano Ducci (PSB) protocolou quarta-feira projeto de lei que estende a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para  taxistas, cooperativas e pessoas com deficiência na compra de carros elétricos e híbridos (que funciona a gasolina e eletricidade).
“Além dos ganhos ambientais indiscutíveis, o objetivo é atualizar a legislação, defasada desde 1995, e que não estimula o comércio de veículos movidos por eletricidade”, explica o parlamentar.
Para Ducci, embora seja menos poluente, o carro elétrico ainda precisa superar alguns obstáculos para se tornar popular, já que  esbarra no IPI de 25%, valor cobrado para carros de luxo e de alta potência. O objetivo do projeto do socialista é reduzir a carga tributária,  podendo chegar em até 7%, dependendo da cilindrada do automóvel.
A isenção do IPI em favor de motoristas de táxi e pessoas com deficiência também  é restrita  a motores de combustão interna, impedindo o seu emprego na aquisição de veículos movidos por eletricidade. “Esse tipo de restrição, descabido e sem suporte em razões de ordem técnica, dificulta, se não impede, o desenvolvimento de um mercado interno com escala suficiente para impulsionar a produção nacional”, completa.
No Brasil, um automóvel elétrico custa em torno de R$ 120 mil a R$ 130 mil. Como são importados, os impostos pesam no valor final.
A Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE) estima que a frota desses veículos no país não passe de 200 automóveis.

Alda6

Kogut fará aula inaugural da Guarda Municipal

Publicado em 27 de março de 2015 - 08:45

O Coronel César Kogut, Comandante Geral da Polícia Militar do Paraná, fará, na próxima segunda-feira, a aula inaugural da Guarda Municipal de Paranavaí.
O convite para a solenidade foi feito pessoalmente pelo prefeito Rogério Lorenzetti durante audiência realizada ontem na sede do comando geral, em Curitiba, e que contou com a presença do deputado estadual Sebastião Medeiros, que agendou o encontro.
A aula inaugural da Guarda Municipal será realizada nesta segunda-feira, às 9 horas, na sede do 8º Batalhão de Polícia Militar. Ao todo, 52 candidatos aprovados no concurso foram convocados para participar do curso na Escola
de Formação, que será conduzida pela Polícia Militar. Esta será a última etapa antes da implantação da Guarda Municipal.

AA depósito_casarão_tira2