Ministro não pode ser alvo de auditoria?

Publicado em 09 de fevereiro de 2019

O Antagonista
O deputado Marcelo Calero, do PPS do Rio de Janeiro, considerou “curiosa” a reação de Dias Toffoli diante da possibilidade de investigação envolvendo Gilmar Mendes.
“Quer dizer que ministro do STF não pode ser alvo de auditoria da Receita?”
O parlamentar acrescentou, em mensagem no Twitter:
“Aliás, lembremos a Toffoli que qualquer tentativa de interferir no caso para favorecer Mendes pode constituir crime.” Gilmar-não-pode

 

 

 


O procurador Julio Marcelo de Oliveira defendeu a análise da Receita sobre os negócios de Gilmar Mendes:

“Toda autoridade pública deveria estar sobre escrutínio permanente de sua movimentação financeira e evolução patrimonial. Se está tudo correto, o ministro não deveria estar preocupado. Numa república, a autoridade mais elevada é o cidadão.”

 

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.