45 mil seguidores

Publicado em 09 de agosto de 2018

Lorenzetti é um dos políticos da Amunpar com maior influência no Facebook

Com o seu nome homologado na convenção do PSD como candidato à Câmara Federal, o ex-prefeito Rogério Lorenzetti se prepara para a campanha, que começa oficialmente no próximo dia 16, comemorando o seu desempenho no facebook. Sua página nesta plataforma digital passou dos 45 mil seguidores esta semana e hoje ele é um dos políticos da Amunpar, com ou sem mandato, mais influentes no face.
“Esse é um crescimento real. Não tem robôs, fakes e outros artifícios que alguns políticos usam para mascarar o resultado. Nosso crescimento é resultado de que mais pessoas têm compartilhado de nossas opiniões e que, assim como eu, estão indignadas com o atual momento político que o Brasil atravessa”, diz Lorenzetti.
A maioria dos seguidores do ex-prefeito é composta por mulheres. As que estão entre 25 e 54 anos formam o grupo mais volumoso de seguidores. Entre os homens, 73% de seus seguidores estão entre 18 e 44 anos, com predominância entre os de 25 a 34 anos.
Analisando o perfil dos que curtem a página, percebe-se que a maioria é de pessoas casadas e mais de 90% delas são do Paraná. Em cidades como Maringá, Londrina e Curitiba, Lorenzetti tem mais de dois mil seguidores em cada uma.
“Percorremos cerca de 200 municípios do Paraná na pré-campanha, conversando com amigos e companheiros, levando nossa indignação, mas também nossas propostas para solução dos problemas e fomos ganhando a adesão ao nosso projeto e isso se refletiu no facebook”, avalia o candidato, que também está presente no twitter e no instagram.
Adepto das redes sociais desde quando ainda era prefeito, Lorenzetti diz que esta é uma ferramenta importante de comunicação com a população. “Você tem a oportunidade de prestar conta do que está fazendo e ao mesmo tempo colher sugestão para suas ações”, aponta ele, que gosta de responder pessoalmente seus seguidores. “Aproveito um tempo no carro durante os deslocamentos ou entre uma reunião e outra e à noite. Quem nos prestigia nas redes sociais merece atenção também”, diz ele.
Os seguidores da página do candidato gostam de lembrar e elogiam o seu tempo de prefeito de Paranavaí, de 2009 a 2016. Há críticas, mas a maioria não é direcionado exclusivamente a ele, mas a toda à classe política. “É compreensível estas críticas, afinal a Lava jato desnudou um grande número de agentes públicos que estavam chafurdando na lama da corrupção. Mas o momento é de alertar: se não votar nos novos e se não for votar vai ser mais um período dos mesmos”, finaliza o ex-prefeito.

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.