Que centro Cívico é esse?

Publicado em 12 de abril de 2018

Aldrey-AzevedoO vereador Aldrey Azevedo (PTB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ da Câmara Municipal de Paranavaí, estranhou a informação de que o Ministério Público quer iniciar o quanto antes a construção do prédio que vai abrigar a instituição no Centro Cívico em fase de implantação no Jardim Oásis. “Que Centro Cívico é este que, teoricamente, está autorizando todo mundo a construir menos o município? O município nem dinheiro tem para construir. Tem que vender, alienar o prédio, mas até agora o projeto está travado na CCJ porque falta um monte de documentos, falta um monte de coisas. Não entendo esse tipo de coisa”, disse ele.
A Administração Municipal tem informado que a principal fonte de recurso para a construção do novo passo municipal será a venda do atual prédio da Prefeitura. “Mas até agora não tem autorização para alienação” do prédio da Prefeitura. “Se ele (o prefeito KIQ) arrumar dinheiro para construir, aí não tem problema nenhum. Mas o projeto que ele enviou para a Câmara para alienar (o prédio da Prefeitura) até agora não deu em nada. Está muito mal resolvido, podemos dizer”, acrescenta o vereador.
Aldrey explica que é preciso desafetar o imóvel para que, juridicamente, reconheça-se que o prédio atual não tem serventia ao município e aí proceder a venda. “Mas o processo está parado e vai ficar assim enquanto não recebermos todos os documentos solicitados”, afirma o presidente da CCJ.

Alda

12 comentários sobre “Que centro Cívico é esse?

  1. ALDREY, , agora você tem meu respeito… minha admiração… e meu voto. Veja: a Prefeitura cobra tanta coisa e não faz nada, olha a calçada entorno do prédio do paço municipal, esses dias tivemos que pegar uma senhora cadeirante e carrega-la pois o elevador não funcionava, agora essa construção… e verdadeiramente centro cívico e todos os órgãos juntos, pra piorar vai tirar do centro da cidade sua maior empresa a prefeitura, como vai ficar o comercio?, que sera que o Rei, o Papa, O bispo, o dono da cidade fala sobre isso???, as vezes nobre vereador vai construir igual muitas igrejas em forma de mutirão, ou com a economia de alguma secretaria.
    alias… cade o ministério publico para exigir acessibilidade na propiá prefeitura e outros órgãos dela? sinceramente não da pra acreditar, pau que bate em chico, bate em francisco.

  2. Não concordo em tirar a prefeitura do centro da cidade. Além de matar o centro comercial, irá dificultar muito para aqueles que precisam ir até a prefeitura.
    Que tal, naquele terreno vazio, onde fica o estacionamento da prefeitura (ao lado da escola), erguer um prédio, com vários pisos, sendo pelo menos 3 deles de estacionamento, e juntar todas as secretarias neste prédio.

    • Também tenho uma ideia. Seria interessante a prefeitura adquirir o prédio onde seria construído (parado há cerda de 20 anos) Shopping Ouro Branco. Seria ótima. Agora (…) mesmo é levar para uma área estritamente residencial um centro cívico. Imagina o transtorno para os moradores.
      Mas desse prefeito não se pode esperar mais que isso, ou seja, megalo(…).

      • Grande Luiz. Seu raciocínio é quase perfeito. Este povo não está preocupado com as dificuldades da população. Ao contrário, a ideia é esta. Quanto mais longe menos acessíveis. Eles vão ficar no “oásis”,

    • Gente, agora é tarde! já ta tudo resolvido!!!
      Anunciaram que o Município tinha conseguido o recurso do governo do estado?
      Agora tem que vender o prédio central???

  3. pra piorar vai tirar do centro da cidade sua maior empresa a prefeitura, como vai ficar o comercio?
    Kkkkk imagina se o comércio dele fosse em um Bairro ou Distrito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.