Não é bem assim

Publicado em 12 de março de 2018

“Eu sempre me pautei pela sinceridade”. Esta foi uma das frases ditas pelo pré-candidato a deputado federal pelo PSDB de Paranavaí, Luiz Henrique Escarmanhani em entrevista à jornalista Ana Lazarini, em seu programa na web. Ela o apresentou como um candidato novo e a conversa transcorreu como se Escarmanhani fosse realmente novidade e estivesse debutando na política. Mas não é bem assim. Durante a entrevista, ele lembrou de seu passado, quando foi engraxate, sorveteiro, e trabalhou na roça. Lembrou até que teve um comércio na vizinha Tamboara, onde nasceu. Lembrou de pessoas da cidade. Mas em nenhum momento disse que já havia sido candidato a vereador, em 1996, obtendo 111 votos ficando na suplência. No clima da conversa, Escarmanhani perdeu a oportunidade de dizer que já havia tentado entrar na política e não conseguiu.
O assunto foi tema de um comentário nestes Blog, que foi checar e confirmou a informação. Ele disputou a vaga pelo PDT com o número 12.650. Está dando uma guinada ideológica saindo do centro esquerda para o centro direita.

Desconto-na-mão

6 comentários sobre “Não é bem assim

  1. “Omitiu por que?”

    Povo brasileiro!!!
    Acredita mesmo que a principal característica de um político seja a honestidade? Não entendo o por quê dessa indignação em cima do Escarmanhani.
    Aliás, qual o problema de mudar a ideologia de centro esquerda para centro direita se a única bandeira que essa classe política faz questão de levantar é: “farinha pouca, meu pirão primeiro”.

    • Demorou, mas mostrou a serviço de quem você está.
      O Escarmanhani é um bom candidato. Parabéns pela escolha.

  2. É um tipo de informação que não desabona o pré candidato, mas o fato de omiti-la e dar a entender ao (e)leitor que é uma novidade na política, isso sim, o desabona bastante. “começou” mal.

  3. Fez 111 votos como candidato a vereador e agora como deputado federal deve fazer um pouco mais… quem sabe 112 kkkkkkkk

  4. Honestidade é uma coisa muito bacana. especialmente com a familia. com a esposa tb. muitas pessoas traem, sao infieis. mas ele ta certo. tem que se pautar na sinceridade e honestidade. queremos candidatos e representantes assim que nao apenas falem para ganhar votos, mais que realmente sejam. parabens

  5. NOSSO IRMÃO DA FE VAI TER MUITOS VOTOS DE NOS EVANGÉLICOS E ASSIM PODERÁ SER ELEITO, ESPEREM E VERÃO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.