Faleceu Cleuza Cyrino Penha, a Tia Cleuza

Publicado em 12 de fevereiro de 2018

Dona-CleuzaFaleceu ontem, domingo, aos 89 anos, a professora, escritora e poetiza Cleuza Cyrino Penha, a Tia Cleuza. Desde outubro ela estava em Belo Horizonte, na casa do filho Ulisses e, há um mês internada vítima de uma infecção que a levou a óbito.
Seu corpo está sendo transladado para Paranavaí e deve chegar à cidade às 18 horas desta segunda-feira. O velório será na Capela Santa Maria, em frente a Delegacia de Polícia, e o sepultamento amanhã, às 17 horas.
Tia Cleuza era uma das figuras mais populares em Paranavaí. Uma das principais lideranças do movimento cultural da cidade. Escreveu e publicou vários livros, 18 no total. Adorava poesia. Foi uma das fundadoras da Academias Letras e Artes de Paranavaí.
Tinha forte participação nas atividades rotárias, clube de serviço que seu falecido marido, Boulivar Penha (falecido em 2004), foi governador. Junto com o marido, ministrava palestra para curso de noivos, entre outros movimentos religiosos.
Tia Cleuza nasceu em Lins, São Paulo e transferiu residência para Paranavaí em 1959.
Nunca deixou a cidade, mas nos últimos quatro meses residia com o filho Ulisses, em Belo Horizonte.
Ela deixa os filhos Alda, psicóloga; Ulisses, geólogo; e Edgar, empresário, netos e bisnetos.

Alda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.